Pulseira masculina – Como usar? Top 4 Inspirações

AGREGRE MAIS VALOR AO SEU LOOK COM PULSEIRAS MASCULINAS

Um homem pode exagerar nos acessórios? Sem dúvidas. Se seu braço está com tanto metal que você chacoalha e soa como uma máquina caça-níqueil barata, pode ter certeza que você está usando muitas pulseiras.

Mas, por outro lado, neste guia masculino para o uso de pulseiras, queremos abordar aqueles caras que nem consideram as pulseiras uma opção.

Existem várias razões para isso. Por exemplo, alguns caras simplesmente não veem as pulseiras como masculinas. Isso, obviamente, está longe de ser verdade.

Muitos homens ao longo da história, poderosos guerreiros e reis usavam braceletes para simbolizar status e riqueza. Depois, há os caras (que geralmente são a maioria) que simplesmente não sabem usar as pulseiras corretamente.

Neste guia para homens sobre como usar pulseiras mostraremos motivos pelos quais você devia começar a considerar o acessório, como usá-lo e inspirações.

Por que usar pulseiras?

A verdade é que não existe necessidade de se usar pulseiras. Mas você também não precisa usar sapatos sociais de qualidade nem perfumes com cheiros agradáveis, e nem por isso deixa de fazê-lo, certo? Assim como essas peças, a pulseira, se usada corretamente, eleva o status de um homem e garante um look mais estiloso.

Além disso, as pulseiras permitem que as pessoas vejam sua personalidade e estilo. De repente, aquele par de jeans e camiseta branca não parecem tão comum, e você está se destacando na multidão.

Bons acessórios são ótimos para iniciar uma conversa. Alguém vê sua pulseira de couro com tachas e, de repente, vocês estão mergulhados em uma conversa sobre motocicletas ou viagens rodoviárias.

Talvez aquela pulseira de contas de madeira pintada à mão que você usa na praia ilumine uma conversa sobre arte mexicana. Fato é que um senso de individualidade quase sempre atrai as pessoas – o que nunca é algo ruim.

Existem algumas pulseiras que têm origens muito nobres. Vários anos atrás, os bombeiros começaram a usar pulseiras paracord. Essas pulseiras de corda podem permitir que uma pessoa carregue vários metros de corda de paraquedas com facilidade, por isso são tão vitais para os bombeiros.

Hoje, essas pulseiras seguiram um caminho na moda e são usadas por todos os tipos de homens. No entanto, isso não significa que não possam ser utilizadas para o uso pretendido.

Portanto, neste caso, usar pulseiras pode ainda ter um propósito prático, além de conferir muito estilo ao look

Algumas regras práticas

  • De preferência, você deve usar sua pulseira no pulso onde não tiver um relógio, isso evita qualquer atrito de metais e danos. Se você não estiver usando um relógio, use sua pulseira na mão dominante.
  • Ninguém deve conseguir ouvir suas joias antes de vê-las. Cuidado para não exagerar na quantidade. Além disso, elas não devem te causar algum desconforto.
  • Sua pulseira não deve ser maior ou mais robusta que seu relógio. Portanto, se você tem um relógio mais substancial, opte por pulseiras mais sutis.
  • Não use pulseiras sobre a camisa. Dá um ar de que algo com o look está errado e desleixado e pode fazer o homem parecer sem noção sobre o estilo.
  • Qualquer coisa com peso significativo deve ser ajustada ao braço. No caso de pulseiras mais leves como as de corda ou uma pulseira de couro trançado, você pode deixa-la um pouco mais solta se preferir.

Correntes e punhos de metal

As pulseiras de metal, com tradição militar, são historicamente as mais populares devido à sua simplicidade e robustez. Conferem muita masculinidade e são ideais para criar looks mais clean.

Tente combinações com relógios, mas se estiver usando pulseiras muito grossas, opte por deixa-las num braço separado do relógio.

Quanto aos punhos de metal, os estilos de metal polido ou oxidado fazem com que o punho pareça mais masculino. Combinar uma pulseira de couro com uma variedade de metal dá um ar de força ao pulso. Além disso, é uma ótima maneira de adicionar textura e camadas ao seu look.

Pulseiras de couro

Assim como o metal, o couro é masculino e permite brincar com suas formalidades. Punhos mais largos são vistos como mais casuais, enquanto tipos de pulseiras mais finas são mais chiques.

As pulseiras de couro podem ser tecidas ou simplesmente uma única peça de couro artesanal que se enrola uma ou duas vezes em volta do pulso e, em seguida, é amarrada ou fechada com um botão de pressão ou fecho de correr.

Ao contrário das pulseiras metálicas, o couro contrasta bem com relógios, complementando o pulso perfeitamente, enquanto você combina a pulseira e o relógio no mesmo braço.

Pulseiras de tecido

O tecido, assim como o couro, é bastante popular e sua composição que quase sempre consiste em algodão ou poliéster o torna muito mais barato do que couro (animal ou não).

Além disso, é pelas cores e estampas que as pulseiras de tecido ganham espaço e brilha. Opte por uma cor que combine com o seu lenço de bolso ou gravata ao usar um terno ou bermuda de algodão se for descansar na piscina.

As pulseiras de tecido são projetadas para serem combinadas com um relógio ou para complementar um anel e ficam ótimas combinadas com uma pulseira de couro e metal, cobrindo todos os elementos básicos da pulseira.

Pulseira mista

A pulseira mista é uma variedade híbrida e pulseira. Varia dependendo da marca e da ocasião de uso, mas geralmente consiste em uma pulseira lisa em couro ou tecido e detalhes de metal arrojado – o próprio fecho ou um pingente de tom de metal anexado à pulseira.

O design híbrido torna-a mais chamativa do que a maioria, especialmente se a própria pulseira tiver bordas coloridas com um pingente de metal ou fecho reluzente, com um formato ousado (pense em uma âncora, inseto ou flor).

E aí, curtiu as dicas? De primeira pode parecer difícil aprender a usar e combinar pulseiras, mas a prática leva a perfeição e quando menos esperar estará recebendo inúmeros elogios.

O mais importante é começar a testar combinações. Agora ficou bem mais fácil, não foi?

 

Deixe seu comentário!

Se tiver qualquer dúvida, crítica ou sugestão, use esse espaço para expor.

/* */