Pressão alta: saiba quais são os sintomas e o que fazer

APRENDA COMO BAIXAR A PRESSÃO ALTA EM ATÉ 5 MINUTOS

A pressão alta, ou hipertensão, é uma condição crônica muitas vezes descrita como uma “doença de velho”, pois é mais comum entre pessoas com idade mais avançada.

Mas o que nem todos sabem (e deveriam saber!) é que a pressão alta pode acometer desde crianças até idosos e, nos últimos anos, o número de jovens hipertensos tem aumentado consideravelmente no Brasil, principalmente entre os homens. Fonte: https://pebmed.com.br/crescimento-dos-casos-de-hipertensao-em-jovens-e-preocupante-no-brasil/

Basicamente, a hipertensão (pressão arterial elevada) ocorre quando a força do sangue nas correntes sanguíneas é muito forte.

A pressão alta está relacionada à herança genética, mas também pode ser causada por outros fatores como sedentarismo, excesso de sódio (sal) na dieta, tabagismo, estresse, obesidade, etc.

Quando não trata, a pressão alta pode causar derrame cerebral (AVC), insuficiência cardíaca, renal, aneurismas, cegueira, demência e até impotência sexual, entre outras complicações.

Sendo assim, é muito importante manter os exames em dia e ter hábitos que ajudam a evitar o surgimento dessa condição.

Por isso, separamos tudo que você precisava saber sobre essa condição para baixar, controlar e prevenir a pressão alta.

Possui pressão alta ou quer saber como evita-la? Esse artigo é pra você – continue a leitura!

O que é considerado pressão alta? Como saber se estou hipertenso?

Para quem nunca verificou a pressão arterial antes, interpretar as informações dadas pelo aparelho que a mede pode parecer um bicho-de-sete-cabeças, mas é bem mais fácil do que parece.

A seguir, você aprenderá a interpretar esses dados para saber se está ou não com pressão alta.

Você já deve ter reparado que o aparelho de pressão indica duas informações principais. Elas representam sua pressão sistólica e a diastólica.

A pressão sistólica é a que aparece primeiro, ou seja, na parte superior. Ela indica a pressão nas artérias quando o coração bate e bombeia sangue.

Já a pressão diastólica aparece abaixo e representa a leitura da pressão em suas artérias entre as batidas de seu coração.

Naturalmente, os indicadores variam de acordo com a idade. No caso de adultos, há cinco categorias de leituras que vão de “saudável” a “preocupante”. Confira:

  • Saudável: inferior a 120×80.
  • Elevado: o número sistólico está entre 120 e 129 e o diastólico inferior a 80.

A pressão arterial elevada geralmente não é tratada com medicamentos. Em vez disso, seu médico pode encorajar mudanças no estilo de vida para ajudar a diminuir a pressão alta.

  • Estágio 1 de hipertensão: o número sistólico está entre 130 e 139, ou o número diastólico está entre 80 e 89.
  • Estágio 2 de hipertensão: o número sistólico é 140 ou superior, ou o número diastólico é 90 ou superior.
  • Crise hipertensiva: o número sistólico está acima de 180, ou o número diastólico está acima de 120.

A pressão arterial nesta faixa requer atenção médica urgente. Se algum sintoma como dor no peito, dor de cabeça, falta de ar ou alterações visuais ocorrer quando a pressão arterial estiver alta dessa maneira, será necessário atendimento médico no pronto-socorro.

Sintomas de pressão alta

A pressão alta é uma condição que geralmente não apresenta. Ou seja, você pode estar se sentindo ótimo enquanto sua pressão arterial está elevada.

Isso é um problema porque muitos homens só realizam exames quando sentem algum desconforto, sendo assim, a hipertensão passará despercebida por um período até que o quadro evolua e cause complicações.

Apesar disso, alguns sintomas podem ser sinais de que a pressão arterial está muito alta, como:

  • Dor no peito
  • Hemorragias nasais
  • Dores de cabeça persistentes
  • Rubor facial
  • Tontura
  • Falta de ar
  • Problemas na visão
  • Sangue na urina

Embora não ocorram em todos os homens hipertensos, esperar pelo aparecimento de um sintoma dessa condição pode resultar numa fatalidade. Se você sentir algum desses sintomas, procure ajuda médica imediatamente.

Alimentos e hábitos que causam pressão alta

Como já citamos anteriormente, a pressão alta é uma condição genética. Isso significa que algumas pessoas são geneticamente predispostas a ter hipertensão. Ou seja, se na sua família há casos dessa doença, é imprescindível que você tenha hábitos e uma alimentação saudáveis.

Porém, outros fatores também podem contribuir para o aparecimento de uma pressão alta. Por exemplo, o tabagismo, uso de drogas ilícitas e o consumo excessivo de álcool.

O consumo de sódio (sal) e alimentos ricos em gordura, como carne vermelha, frituras, comidas processadas, café, refrigerantes, etc.

O sedentarismo também é um dos principais responsáveis pelo aumento do número de hipertensos entre os jovens.

Estamos passando cada vez mais horas do dia sentados (geralmente por conta do trabalho) e acabamos esquecendo de realizar exercícios diariamente.

Problemas relacionados à tireoide, como hipertireoidismo, também podem ter como consequência o aumento da pressão arterial.

E, claro, não podemos esquecer do estresse. Não precisamos nem falar que se estressar é ruim pro organismo de praticamente qualquer ponto de vista, né?

Isso porque quando ficamos tensos liberamos um hormônio chamado cortisol que nos deixa em estado de alerta e, consequentemente, aumenta a pressão arterial.

Como baixar pressão alta rapidamente?

Pessoas hipertensas tem de lidar diariamente com a pressão alta. Isso significa que é normal para uma pessoa com essa condição ter que parar o que está fazendo diversas vezes ao dia para controlar a pressão arterial elevada.

E, obviamente, isso atrapalha a vida de muitos homens. Ter que dar uma pausa no trabalho no meio de uma reunião ou tarefa importante é frustrante e pode inclusive agravar ainda mais o quadro de pressão alta.

Foi pensando nesses homens que nós separamos algumas dicas sobre como baixar a pressão alta rapidamente. Confira!

Chás para pressão alta

Chá de hibisco para pressão alta

A eficácia do chá de hibisco já foi comprovada por estudos. O melhor de tudo é que a receita desse chá é super prática e relaxante.

Basta ferver 200ml de água e, com o fogo desligado, deixar uma colher de chá de hibisco seco em infusão por pelo menos cinco minutos. Após isso, basta retirar o hibisco e beber o chá.

Chá preto para pressão alta

Outro chá que pode te ajudar a reduzir a pressão alta rapidamente é o chá preto. Uma pesquisa de 2020 revelou que o consumo desse chá e do chá verde podem ter efeitos positivos na redução da pressão arterial.

O processo é basicamente o mesmo do chá de hibisco. Basta ferver 200ml de água e depois colocar uma colher de chá preto ou um sachê em infusão por 5 minutos.

Após isso, basta retirar as folhas de chá preto e consumir. Caso prefira, você pode adoçar um pouco, mas sem exagerar na quantidade de açúcar. Se possível, opte por um adoçante.

Técnica para baixar a pressão alta em 5 minutos

Outra maneira bastante inusitada (mas muito eficaz) de reduzir a pressão arterial rapidamente é ralando uma cebola grande com a ajuda de um ralador e depois colocando-a em um recipiente grande o suficiente para comportar seus pés.

Coloque os pés no recipiente acima da cebola ralada e verifique sua pressão a cada 5 minutos. Geralmente, isso é o suficiente para reduzir a pressão arterial em pelo menos um ponto em cada pressão a cada 5 minutos.

É, sabemos que soa bizarro e quase como uma brincadeira de mau gosto, mas garantimos – essa técnica é infalível.

Quando a pressão aumentar, não deixe de experimentá-la e comprovar sua eficácia. Depois volte pra nos dizer se deu certo, combinado?

E aí, o que você achou desse artigo? Nossas dicas te ajudaram de alguma maneira?

Conta pra gente aqui nos comentários – queremos saber o que você tem a dizer!

E não se esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos que têm problemas de pressão alta… essas informações podem ser muitos úteis para eles!

Deixe seu comentário!

Se tiver qualquer dúvida, crítica ou sugestão, use esse espaço para expor.

/* */