O que é depressão bipolar ?

depressão bipolarO que é depressão bipolar ? Foi a pergunta feita do nosso leitor Marcos como sugestão de artigo.

É um sentimento de tristeza e solidão, momentos que trazem alegria outrora podem não dar mais. A pessoa se sente impotente e insegura, podendo levar até mesmo ao suicídio. O diagnostico médico deve ser feito por pelo menos dois psiquiatras, pois é um transtorno difícil de detectar.

A depressão bipolar(ou transtorno bipolar) facilmente é confundido com personalidade. Pessoas que mudam de personalidade e humor com facilidade podem pensar estar com essa doença, por isso é tão importante consultar dois médico para uma avaliação. Após ser diagnosticado com a doença, será feito o tratamento.

Depressão bipolar tratamento

O tratamento é feito a base de medicamentos e acompanhamento médico, mas pratique exercícios físicos, faça amigos, estude... seja forte e faça atividades que distraem a mente. Ficar em casa deitado na cama esperando passar não vai tratar sua depressão, por isso tão importante tomar iniciativa própria.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest

Uma resposta

  1. 1 – São oscilações abruptas de humor, indo ao EXTREMO de cada um dos dois lados (depressão e euforia/mania);.
    2 – Manifesta-se comumente por volta dos 20~30 anos (embora possam ser observados indícios antes ou se manifeste bem mais tarde – é a média apenas);.
    3 – Bom lembrar que é INCURÁVEL e há pessoas que não respondem bem, ou simplestemente não respondem, à medicação;.
    4 – Na crise de "mania" dissolve-se o autocontrole. O indivíduo em crise de "mania" torna-se impulsivo, com atitudes não raro inconseqüentes e até mesmo agressivas, além do apetite sexual explodir; sente-se poderoso, invencível, maravilhosamente bem ("uhul") e em alguns casos até acredita ter super poderes;.
    5 – Na crise depressiva remove-se TODA energia e vontade, inclusive sobre coisas que adora fazer (mesmo respirar é difícil, movimentar as articulações piorou); sente-se Morto – "exercícios físicos, faça amigos, estude" é algo comum a ser cobrado injustamente por "falta força de vontade", o que é bem simples para quem não tem a doença. É necessário mais paciência e menos cobrança dos familiares que quiserem contribuir para a melhoria do quadro (deve-se cobrar mesmo é quanto ao acompanhamento médico-terapêutico, que ajudará o paciente a se ajudar);.
    6 – As causas ainda não foram totalmente esclarecidas e portanto nem mesmo profissionais the saúde conseguem detectar facilmente – pode levar uma década pra pessoa descobrir enquanto faz tratamento inadequado e sem melhoria na qualidade de vida;.
    7 – Não se deve nunca abandonar o tratamento (é incurável!), pois as crises podem ser devastadoras (levando coisas que conquistou estando bem). É comum com qualquer paciente que melhora seu quadro até se danar de novo (tuberculose é um ótimo exemplo);.
    8 – Há várias gradações, "tipos" de manifestação do distúrbio. Os itens anteriores podem não se aplicar amplamente qualquer um deles;.
    9 – É perfeitamente possível ter uma vida comum, saudável, comprometendo-se com o tratamento direitinho.
    10 – Bom filme sobre o tema: Mr Jones (não que o filme seja bom em si, mas retrata bem).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.