Estudo indica: Covid-19 pode causar impotência sexual nos homens

TIVE COVID-19 FICAREI IMPOTENTE SEXUALMENTE? COMO REVERTER?

No começo da pandemia do novo Coronavírus, a informação que nós tínhamos era a de que a Covid só oferecia riscos para aqueles do grupo de risco.

Pessoas saudáveis e sem problemas de saúde que pegassem Covid sentiriam apenas sintomas típicos da gripe.

A recomendação era que grávidas, idosos e pessoas com comorbidades tomassem muito cuidado.

O restante da população também deveria se cuidar para garantir a segurança daqueles que eram mais vulneráveis à doença.

Hoje, mais de um após depois, já sabemos que a doença não age exatamente como imaginávamos.

O número de pessoas jovens e saudáveis vítimas da Covid vem aumentando bastante. Um trágico exemplo disso foi a morte do ator e humorista Paulo Gustavo em maio de 2021.

Além disso, diversos estudos sugerem que os efeitos colaterais da doença a longo prazo podem prejudicar bastante a qualidade de vida pós-Covid.

Uma pesquisa publicada recentemente no World J Mens Health revelou algo que deixou muito homens preocupados.

Ao que tudo indica, a Covid pode causar problemas de disfunção sexual, incluindo impotência.

Separamos tudo que você precisa saber sobre a relação entre a Covid-19 e a impotência sexual. Se ficou interessado, basta continuar a leitura.

A Covid e a impotência sexual masculina

s

A ereção ocorre quando há dilação dos vasos e grande circulação de sangue no pênis.

Basicamente, para que isso seja possível, é necessário que o endotélio (camada no interior dos vasos sanguíneos) produza óxido nítrico.

O óxido nítrico é responsável por dilatar os vasos e aumentar o fluxo sanguíneo no pênis.

O estudo em questão revelou, através da análise fragmentos de tecido peniano de dois homens, que o vírus da Covid-19 pode permanecer no tecido do pênis mesmo após a cura da doença por pelo menos sete meses.

Os dois homens, que antes da doença nunca haviam tido sintomas de disfunção sexual, precisaram ser submetidos à cirurgia de prótese peniana após a doença.

Os pesquisadores explicam que a disfunção sexual muito provavelmente tem como explicação o baixo nível de produção de óxido nítrico presente no endotélio de ambos os homens.

Pacientes que com sintomas de disfunção sexual causados por outros fatores não apresentaram baixo nível de produção do óxido nítrico.

E esse não foi o único lugar onde o vírus foi encontrado 7 meses após a infecção.

O estudo também indicou a presença do novo Coronavírus nos testículos.

Isso sugere não só que a doença pode ser transmitida sexualmente, mas também que ela pode causar infertilidade em alguns homens.

O curioso é que, dos homens que participaram da pesquisa, apenas um teve que comparecer ao hospital por conta de complicações da doença.

O outro homem teve sintomas leves.

O que devo fazer se sentir algum sintoma de disfunção sexual após ter tido Covid?

Os homens que foram expostos ao vírus da Covid devem ficar bastante atentos a certos sinais que indicam a existência de problemas de disfunção sexual.

Entre esses sinais, estão:

  • Diminuição de ereções involuntárias comuns pela manhã e à noite.
  • Dificuldade de ereção.
  • Ansiedade, insegurança e preocupação em relação a atividades sexuais.
  • Falta de apetite sexual.

É muito importante que os homens não tenham vergonha e procurem ajuda profissional especializada de um urologista para analisar o caso, principalmente aqueles que tiveram Covid nos últimos 7 meses.

Quanto antes o quadro for revertido, melhor. A falta de ereção pode levar à atrofia e fibrose do pênis.

É possível tratar os casos de disfunção sexual pós-Covid?

Remédios via oral podem ser prescritos para ajudar a estimular a circulação sanguínea no órgão.

Em casos mais graves, medicações vasodilatadoras injetáveis (sim, injeção no pênis) podem ser necessárias.

Reposição hormonal também pode ser indicada para o caso de homens com baixa/falta de testosterona.

Em casos de não-reação a esses tratamentos, medidas mais drásticas poderão ser necessárias, como a cirurgia de prótese peniana.

Conclusão

De “gripezinha” para causadora de impotência, a Covid não para de causar estragos.

Infelizmente, muitas pessoas continuam a descumprir normas simples, como usar máscara e álcool gel.

É uma pena que as pessoas não sejam capazes de se pôr no lugar do próximo.

Quem sabe, com essa notícia, os homens (e suas amadas) que estão desrespeitando o distanciamento social passem a ter um pouco mais de consciência.

E aí, o que você achou dessa notícia?

Esclarecemos todas as suas dúvidas?

Se tiver alguma, é só colocar nos comentários para que possamos esclarecê-la!

Deixe seu comentário!

Se tiver qualquer dúvida, crítica ou sugestão, use esse espaço para expor.

/* */