Espinha na adolescência: como prevenir e tratar?

COMO LIDAR COM A ACNE NA ADOLESCÊNCIA

As espinhas podem surgir em qualquer idade, isso todo mundo sabe.

As mulheres têm mais espinhas durante a menstruação, assim como homens podem desenvolver acne emocional devido ao estresse.

Mas é inegável que o surgimento de espinhas é muito mais comum na adolescência, e o mesmo vale para suas complicações.

Todo mundo conhece pelo menos um adolescente que vive cheio de espinhas, não é mesmo?

Mas não vemos isso acontecer com a mesma frequência entre adultos.

O surgimento de espinhas não facilita nada a passagem da infância para a vida adulta. A adolescência é uma fase suficientemente difícil e repleta de desafios, principalmente sociais.

As espinhas na adolescência podem ser motivo de constrangimento e bullying. Isso muitas vezes resulta em homens adultos inseguros com a própria aparência e com uma baixa autoestima.

Sem falar do incômodo e dor que as espinhas causam. Se uma é o suficiente para deixar muita gente irritada, imagina ter que lidar com várias, e o pior – ao mesmo tempo.

Pensando nos desafios que adolescentes com espinha enfrentam, resolvemos montar um guia para ajudá-los a entender melhor a espinha na adolescência, como prevenir e tratá-la.

Continue a leitura para conferir o que preparamos para você!

Por que temos espinha na adolescência?

adolescente com espinhas

Imagem: Reprodução/Internet

Entender melhor como a espinha surge e por que ela é mais comum na adolescência é muito importante. Isso permite que consigamos internalizar as dicas para evitar seu surgimento e aplicá-las no dia a dia intuitivamente.

Então vamos ao que interessa!

As alterações na pele que conhecemos também como “acne” são causadas principalmente por fatores hormonais.

Lembra quando comentamos que durante a menstruação as mulheres podem ter mais espinhas? Então, é a mesma relação. Durante esse período ocorre uma alteração no equilíbrio hormonal delas.

E sabe quando também ocorre uma grande alteração hormonal? Durante a adolescência, quando os hormônios sexuais – como a testosterona – começam a ser produzidos.

Alguns desses hormônios fazem com que a pele produza mais sebo e oleosidade. A espinha surge quando algo bloqueia os poros da pele e impede que essa oleosidade possa ser expelida.

A acne pode ser causada principalmente por:

  • Acúmulo de células mortas nos poros da pele
  • Excesso de oleosidade
  • Proliferação de bactérias nos poros

Como evitar espinhas na adolescência?

adolescente com espinhas

Imagem: Reprodução/Internet

Quando se trata de espinhas, prevenir é sempre melhor do que remediar.

Por isso, antes de conferir as dicas de como tratar as espinhas na adolescência, vamos dar uma olhada nas dicas de como evitar esse problema.

  1. Lave o rosto (e outras regiões que tenham espinha) todos os dias com um sabonete apropriado para sua pele. Ao acordar e antes de dormir.
  2. Lave os cabelos com frequência para evitar que o excesso de oleosidade entupa os poros.
  3. Nunca esprema espinhas. Isso piora a inflamação, espalha a oleosidade e ainda pode causar cicatrizes.
  4. Evite usar acessórios na cabeça, como bonés e bandanas. Deixe sempre a região com espinhas o mais arejada possível.
  5. Evite levar as mãos ao rosto, pois ao fazer isso você contribui para o surgimento de inflamações e espinhas.
  6. Evite alimentos gordurosos, como chocolate e derivados do leite. Eles estimulam a produção de oleosidade.
  7. Certifique-se de que a causa é realmente hormonal. As espinhas também podem ser causadas por outros fatores, como estresse. Para isso, marque uma consulta com um dermatologista.

Logo após começar a seguir essas dicas, mais ou menos após uma semana, você já verá uma diferença no número de espinhas no seu rosto.

Masturbação causa espinha?

A ideia de que as espinhas em adolescentes são causadas pelo excesso de masturbação é um mito. Não há nenhum estudo científico que comprove essa ideia.

Muito embora a masturbação possa elevar um pouco os níveis de testosterona, isso não é o suficiente para causar o surgimento de espinhas.

Então, pense duas vezes antes de praticar bullying com os colegas que tem muitas espinhas, beleza?

CONHEÇA OS MALEFÍCIOS E RISCOS DA PORNOGRAFIA

Como tratar as espinhas na adolescência?

Agora, vamos supor que mesmo seguindo todas as dicas à risca suas espinhas insistem em continuar fazendo hora extra no seu rosto. E aí, o que fazer?

O mais indicado sempre é consultar um dermatologista. Ele será capaz de avaliar seu caso e te indicar o tratamento mais apropriado.

Porém, há diversas receitas caseiras para diminuir a inflamação das espinhas que você pode tentar em casa.

Aqui estão algumas delas:

  1. Carvão ativado

O carvão ativado é uma substância porosa que age na pele como uma esponja, absorvendo todas as impurezas.

Esfoliar o rosto uma vez na semana com ele é uma excelente maneira de controlar a oleosidade da pele.

Misture o pó de carvão ativado com óleo essencial de melaleuca, que possui propriedades antissépticas que combatem a inflamação da espinha.

Aplique a pasta que se formar na pele e, delicadamente, massageie por todo o rosto com movimentos circulares.

  1. Argila verde

A argila verde é a mais indicada para peles oleosas e acneicas, pois possui uma excelente ação secativa e absorvente que ajuda a remover toxinas do rosto.

O processo é o mesmo do carvão ativado. Misture o óleo essencial de melaleuca com a argila verde até que se forme uma pasta.

Depois é só aplicar no rosto como se fosse uma máscara uma vez na semana. Não deixe secar completamente. Lave o rosto quando a argila ainda estiver um pouco úmida.

  1. Babosa e cúrcuma

Todo mundo já ouviu falar nessa planta. A babosa é maravilhosa para a pele oleosa e acneica pois possui ação calmante e antisséptica, que diminui a oleosidade e inflamação.

O melhor de tudo é que a babosa é super fácil de usar.

Basta cortar uma folha ao meio e aplicar o gel no rosto. Deixe agir de 15 a 20 minutos, depois enxague bem.

 

E aí, o que achou desse guia sobre espinhas na adolescência?

Você tem alguma outra dúvida sobre o assunto?

Então não deixe de mandar para a gente aqui nos comentários!

Deixe seu comentário!

Se tiver qualquer dúvida, crítica ou sugestão, use esse espaço para expor.

/* */