Conheça os malefícios e riscos da pornografia

VOCÊ É VICIADO EM PORNOGRAFIA? CONHEÇA OS RISCOS!

Diversas pesquisas apontam que a grande maioria dos homens consome pornografia desde antes da adolescência.

Por muito tempo a sociedade considerou esse hábito algo natural e até saudável, mas esse cenário vem mudando ao longo dos anos.

Isso porque a cada ano surgem mais pesquisas e estudos que demonstram todos os malefícios que o consumo de pornografia pode trazer à saúde sexual e mental dos homens.

Entende-se por pornografia qualquer material que tem como objetivo estimular a excitação sexual.

Ou seja, não são apenas vídeos, mas também imagens, contos eróticos, etc. Tudo aquilo que simula uma relação sexual, digamos assim.

Parar de consumir pornografia não tem nada a ver com moral, religião ou qualquer coisa do tipo. É simplesmente ouvir a ciência e olhar para os efeitos colaterais prejudiciais que esse hábito pode ter.

Não é à toa que a pornografia já foi considerada a droga do milênio.

Diversos famosos tem se posicionado sobre esse problema, incluindo James Hetfield, vocalista da banda Metallica, e Terry Crews, ator famoso pelo seu papel como Julius na série “Todo Mundo Odeia o Chris”.

A boa notícia é que é possível fazer um “reboot” do cérebro. Depois de mais ou menos 90 dias sem consumir esse tipo de conteúdo, o cérebro geralmente volta a funcionar normalmente.

Se você assiste pornografia, seja com frequência ou “só de vez em quando”, continue lendo para conferir 7 razões para largar esse hábito, que pode atrapalhar a saúde sexual e mental e as relações.

O consumo de pornografia cria uma visão distorcida do que é sexo

Talvez a maior mentira que a pornografia vende é que seu mundo de fantasias pode educar de alguma forma. Na teoria, quanto mais você assiste, mais você aprende e melhor ficar, não é mesmo?

Mas as coisas não são simples assim. A verdade é que quanto mais fundo o consumidor mergulha nesse mundo de fantasias, maiores são as chances de sua realidade se tornar exatamente o oposto.

Quanto mais pornografia uma pessoa consome, mais difícil pode ser para ela ficar satisfeita nos relacionamentos reais e experiências sexuais.

Isso é ainda pior no caso de adolescentes virgens que passam uma grande fase da vida criando expectativas irreais sobre o que é sexo e, quando se deparam com a realidade, acabam frustrados e muitas vezes culpam suas parceiras, que não têm culpa de nada.

O consumo de pornografia pode facilmente virar um vício

Superficialmente, tabaco e pornografia não parecem ter muito em comum, mas cada vez mais surgem estudos que mostram como o consumo de pornografia induz o cérebro a liberar as mesmas substâncias químicas que são liberadas durante o consumo de drogas.

Embora parar de fumar possa parecer uma tarefa impossível, há diversas redes de apoio que tornam esse processo bem mais fácil e a recompensa sempre é libertadora – e o mesmo vale para o consumo de pornografia.

A pornografia pode te impedir de ter conexões mais profundas com as pessoas

A indústria pornográfica objetifica as pessoas e mercantiliza o ato sexual. Não há nada de romântico ou realista sobre sexo pornográfico, e isso cria uma séria desconexão entre o consumidor e a realidade.

Ainda que você acredite que não, fato é que isso torna mais difícil para aqueles que consomem esse tipo de conteúdo conseguirem ter uma conexão íntima com uma pessoa real.

Você só se sentirá realmente completo em um relacionamento quando for capaz de ver a outra pessoa como o que ela é – uma pessoa, e não como um objetivo.

E, infelizmente, isso só se tornar possível quando você se compromete a se desconectar da pornografia e se conectar com uma pessoa real, que pode te proporcionar momentos e prazeres reais.

Consumo de pornografia pode causar disfunção erétil e impotência

O consumo regular de pornografia afeta  o cérebro de tal forma que pode atrapalhar o desempenho sexual quando você está com um ser humano real.

A pornografia pode tornar a ereção mais difícil, diminuir o prazer do orgasmo durante o sexo, causar impotência e – paradoxalmente – até diminuir a libido.

Parar de consumir pornografia irá estimular sua criatividade

Acreditamos que, para ser verdadeiramente criativo, você precisa se conectar com as partes mais profundas e honestas de você mesmo.

A pornografia obstrui sua imaginação com conteúdo barato que o impede de sentir paixão e motivação reais.

Depois de permitir que as imagens explícitas parem de distraí-lo da inspiração, você se sentirá mais imaginativo do que nunca – e sua parceira sexual irá agradecer bastante.

Parar de consumir pornografia te dará mais energia

É óbvio que a pornografia consome seu tempo e sua atenção sexual, mas você já parou para pensar em como isso não te deixa com menos energia?

Um exigente hábito pornográfico pode definitivamente drenar do seu corpo a energia mental e física de que ele precisa para acompanhar a agitação da vida diária.

Ao desligar o monitor, você pode se concentrar em ser mais produtivo em casa, no trabalho, nos estudos, e fazer a diferença em sua vida e na dos outros.

O consumo de pornografia incentiva o tráfico sexual

Clicar em pornografia alimenta diretamente a demanda por tráfico sexual. Existem inúmeras vítimas de tráfico sexual humano que são forçadas a fazer sexo diante das câmeras.

Mesmo na indústria adulta “legítima”, os artistas pornôs são frequentemente vítimas de violência, coerção e abuso de drogas.

Simplesmente não há como saber as origens sombrias por trás do que estamos assistindo. Ao se recusar a clicar, você se recusa a contribuir para a demanda de exploração sexual.

Conclusão

Essas foram apenas algumas das razões que existem para você se convencer a parar de consumir pornografia – existem muito mais!

A verdade é que quanto mais você se empenha a largar esse hábito e busca por informações sobre esse assunto, mais razões surgem.

Sabemos o quanto é difícil se livrar de algo que está presente na nossa vida quase que inteira, e que está bastante enraizada na nossa sociedade. Mas isso não significa que você tem que se conformar.

Parar de consumir pornografia é benéfico para todo mundo – para você, para as pessoas com as quais você convive e para a sociedade como um todo.

Existem diversas ferramentas que podem te ajudar (e muito!) a largar esse hábito.

Uma delas é o aplicativo para Android “Calendário de Dependência em Pornografia”, que te permite acompanhar seu processo de “reboot” cerebral. Você pode fazer o download no seu celular aqui.

Outra ferramenta muito útil é o BlockerX, outro aplicativo para Android que bloqueia conteúdos pornográficos no seu celular. Você pode fazer o download dele aqui.

E aí, o que você achou desse artigo? Ele te ajudou de alguma forma?

Você já tentou parar de consumir pornografia alguma vez? Como foi esse processo?

Conta pra gente aqui nos comentários!

E não se esqueça de compartilhar esse artigo com os amigos para alertá-los sobre a droga do milênio e seus malefícios.

Deixe seu comentário!

Se tiver qualquer dúvida, crítica ou sugestão, use esse espaço para expor.

/* */