INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL!

Como é morar sozinho após separação

Estou passando por uma nova fase na minha vida, que é morar sozinho após a separação. O aprendizado, amadurecimento e a experiência que venho passando, com certeza deve ser compartilhada. Seja você é homem ou mulher, em alguma das situações abaixo você vai passar ou se identificar, então saiba como estou lidando com cada uma delas.

Alimentação

fazer comida morar sozinho

Para os homens é muito difícil. Primeiro, não fazia nada de comida, mas felizmente minha mãe ensinou quando eu era criança e adolescente. Sabia fazer de tudo, mas quem mora sozinho sofre desse problema. Fazer comida para uma pessoa é frustrante.

Comprar comida não adianta. Gasta muito e dependendo do horário ou dia, não encontra lugar. Aprendi que fazer comida é uma terapia. Se não sabe, aprenda com vídeos no Youtube. Se já sabe, procure fazer novas receitas.

Bebedeira

bebedeira morar sozinho

Eu não sofri após a separação, porque era algo que estava decidido. Quando você não é feliz com uma pessoa chega a hora de dar um basta. Muitas pessoas sofrem e usam a bebedeira para afogar as mágoas. Não faça isso! Você gasta muito, vive cercado de “amigos”, mas no fim só está mascarando o problema.

Não deixe bebidas na geladeira ou acessível. Desde que você tenha controle nessa situação. Sem contar que a bebida deixa a gente fazer “caquinha”. Ligar para o ex de madrugada, bêbado e na sofrência. Depois não adianta se arrepender!

Amizades

amizade morar sozinho

Nessa hora que os amigos mostram quem são. Cuidado! Não desabafe com qualquer pessoa, pois muitos querem saber da sua vida e não da sua preocupação. Quando menos esperar sua vida estará exposta no seu bairro. Pais, irmãos… são ótimos companheiros, mas nem sempre. Escolher quem vai expor sua vida é mais difícil do que imagina, mas ajuda aliviar as dores.

Cercar de muitos amigos também não é solução. Ter muitos amigos é não ter nenhum.

Final de semana

Acho que são os dias mais difíceis. Durante a semana estamos trabalhando, então fica fácil curar a solidão. Final de semana todo mundo saindo, ninguém online nas redes sociais e aí, como faz? Procure fazer algum programa, se tiver sem dinheiro vai limpar a casa/carro. Dá aquela geral que te deixará tão cansado, sem tempo de lidar com a depressão e solidão.

Obrigações

Como sempre fui o provedor em casa, não tive dificuldades. Quem não tem experiência com contas, supermercado, farmácia… procure alguém experiente para lhe ajudar. Cair num mar de dívida é um risco muito próximo. Sujar o nome ou estourar o cartão de crédito não é algo que deseja.

Cuidar da aparência

É muito bom cuidar de si, pois agora tem uma razão maior. Compre roupas novas, perfumes, produtos de beleza etc. Uma simples ida ao salão ou academia ajuda na aparência e no emocional. Quanto mais ficar sem ter o que fazer será pior.

Lugares para solitários

Conheça sua região para encontrar lugares para sair sozinho. Assistir uma partida de futebol, ir ao cinema, praia ou até mesmo um boteco de bairro. Se não tem problema com bebida, barzinho de bairro é ótimo para trocar uma ideia com desconhecidos, gasta pouco e o dia passa rápido. Pelo menos 1 x na semana vou no barzinho perto de casa, bato um papo e conheço novas pessoas.

Televisão

Tv a cabo ou vídeo game é ótimo. Encare como investimento financeiro. Como assim? Você se distrai vendo filmes/séries ou jogando, então o tempo passa e ainda economiza. Se fosse passar o dia na rua ir gastar dinheiro.

Animal de estimação

Ajuda, mas ao mesmo tempo atrapalha. Ajuda nos momentos de solidão. Atrapalha porque você fica refém. Você mora sozinho, então acaba preso porque tem que alimentá-lo, limpar suas necessidades e passear se for um cachorro. Pense bem antes de adotar um animal.

Alguma sugestão? Compartilhe aqui sua experiência.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest

10 respostas

  1. tenho 56 anos , fui casado há 31 anos acabei de me separar,acredito que não terei problema,sei fazer tudo, e fui muito pisado, ela me desprezou por 5 anos,tomei força e quero recomeçar,me aposentei e quero começar uma nova etapa da vida,tem que ter coragem ,pois não dá coragem o novo dá medo,mas vamos lá!!!!!!!

  2. Tenho uma família linda, mas as divergências com minha esposa estão me desgastando.
    Não tenho o prazer de compartilhar praticamente nada da minha vida com ela, sejam problemas ou planos de futuros.
    Estamos casados há 19 anos, mas nossas divergências estão me consumindo.
    São coisas simples, mas que ao longo do tempo vão se agigantando.
    Enquanto eu gosto de rock, ela abomina.
    Enquanto ela é uma evangélica, sempre dizendo que tudo está nas mãos de Deus, acredito que o nosso futuro está em nossas mãos, claro que com a ajuda de Deus. Mas, Deus jamais fará por nós o que está em nossas mãos. É o que creio.
    Enquanto gosto de assistir seriados, para tentar aprender inglês, o negócio dela é assistir novelas evangélicas da Record.
    Enquanto adoro ler, ela só se interessa pela bíblia.
    Claro que ela tem muitas qualidades. Não estou aqui dizendo que sou o melhor marido do planeta, mas o que venho percebendo é que tais divergências vêm me desgastando cada vez mais.
    É apenas um desabafo, pois não gosto de abrir minha vida para literalmente ninguém conhecido.

  3. Valter, já passei por isso, pois já fui casado 3x. Talvez não seja a pessoa adequada para aconselhar, mas tente fazer um acordo. Você assisti um programa que ela goste e assim vice versa, mas claro, respeitando a religião. Vejo muitos casais se separando porque um entrou pra igreja, aliás, tem dois casos na família. Então se não quiser abrir mão da sua esposa, somente uma conversa franca resolverá.

  4. Tenho 40 anos e estou separado faz 1 ano. Distante da família, inclusive filho e não tenho amigos por perto (na verdade não considero ter amigos, apenas colegas). As questões domésticas não são problema, mas exatamente como em seu post, a solidão dos finais de semana está aumentando cada vez mais e com ela vem os pensamentos ruins.
    Gostei das dicas e sei que são necessárias para seguir em frente. Na verdade eu sei o que preciso fazer, mas colocar em prática tem sido difícil.
    Hoje é o 1⁰ dia de um novo ano e vou tentar me esforçar mais para seguir em frente.
    Parabéns pelo site!

  5. Olá, Pedro! Agradeço pelo relato. Desejamos um ótimo recomeço (de vida e de ano) para você – vai dar tudo certo!

  6. Creio que relacionamentos são baseados na vivência, experiência em resolver coisas, más e quando fracassamos ou deixamos a desejar ou ate mesmo quando não atendemos as expectativas as quais são depositas, vejo que é mútuo deixamos com o tempo de ter uma boa comunicação, perdemos com o tempo inteligência de interação em ambientes as quais viram rotinas até um certo ponto, no que podemos observar é falta de cognição, emoção, rivalidade ou como um campo de guerra…
    Estamos aqui juntos pelo mesmo algorítimo, de fato quando falta todos estes adereços preciosos da exigência feminina quanto masculina e que estamos caminhando ladeira abaixo, por muitas e diversas vezes pode ser fisiológico o estres o cansaço da rotina do trabalho, casa, e familiar, entenda que todos estes fatores contribuem em nossa vida cíclica, mais também acontece quando somos atraídos ou a parceira atraída por algo mais convenientemente suposto como atrativo… Não se engane si você porquê casou deixou de apreciar a beleza feminina, isso vale para ambos os sexos, mas o objeto aqui, e o cuidado o afeto e cumplicidade que muitas vezes vem a faltar e ai quando não vemos mais saída, quando já extrapola a realidade existente da linha do loucura e sanidade, quando ambus deixam o menino da porteira entrar com coices onde antes era doçura, quando perdemos o pejorativo de mô, amor, bebê, bom e assim que termina grandes histórias, grandes lembranças, no final somos o ex, ou imprestável, energúmeno, ou fracassado, mas tudo passa, na vida tudo passa o que fica são as lembranças e a promessa de dias melhores porquê na verdade só se vive uma vez até que se prove o contrario, mas somos como o Rock Balboa estamos ainda de pé…
    vamos brindar a dias melhores e conservar sempre no que não deu certo, como oportunidade de aprendizado ÁGUIAS, TIGRES, LOBOS, E LEÕES, RAPOSAS E SERPENTES, São nosso melhores arquétipos e nos acompanham nosso protagonismo tempestuoso, mas a calmaria sempre vem de um jeito ou de outro a sempre momentos felizes, lembrem-se que faz a festa e você anfitrião de sua própria história…

  7. Me preparando para iniciar está nova fase pela segunda vez. Mas sei que cada momento tem suas diferenças ainda não sei como vou lidar com o estar só dentro de um apartamento sei que os primeiros meses serão phoda. Preciso refazer amizades com quem eu possa sair pois meus amigos estão em sua maioria casados então não posso contar com eles pra isso

  8. Oi Antonio!
    Tbem estou pra iniciar essa transição, mas me bate uma série de receios, uma deles é pela minha idade e tempo de casamento, são 56 de idade e e 33 de casamento, vc se importaria de dizer sua idade e tempo de casamento, se for o caso?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.