INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL!

Alergia a Minoxidil: como lidar?

Nós, homens, somos menos vaidosos que as mulheres. No entanto, apesar disso, sabemos a importância de estarmos com o cabelo alinhado.

Sendo assim, buscamos sempre estar com o corte em dia e/ou um penteado diferente.

Assim, a nossa autoestima fica ainda melhor e, consequentemente, a nossa qualidade de vida aumenta bastante!

No entanto, embora nos cuidemos, determinados problemas capilares podem acontecer, como a calvície, devido à predisposição genética.

Diante do contexto que citamos, sofrer com a queda de cabelo impacta negativamente em nossa vida já que mexe diretamente com a nossa autoavialiação bem como afeta nossas relações pessoais e profissionais, principalmente, por inseguranças.

Embora isso não seja agradável, há soluções que podem – e devem! – ser tomadas. Uma delas é o uso do Minoxidil que, por sua vez, deve ser prescrito pelo dermatologista.

Esse produto, infelizmente, pode causar determinados efeitos colaterais. Então, é importante saber a melhor forma de lidar com ele.

Sabendo que muitas pessoas desconheçam esse assunto, hoje, vamos abordar mais acerca desse tema.

Preparado para saber mais? Basta acompanhar a leitura!

CALVÍCIE: EXISTE IDADE CERTA PARA COMEÇAR A TRATAR?

Calvície: como surge?

A calvície é o nome popular da condição que, cientificamente, é chamada de alopecia androgenética.

Esta caracteriza-se, principalmente, pela queda capilar devido à ação de determinados hormônios, sendo estes a di-hidrotestosterona e a testosterona.

Sendo assim, a alopecia androgenética é mais associada e, de fato, mais comum nos homens, especialmente os que estão na faixa etária dos 40 a 50 anos de idade.

No entanto, esse fato não anula a probabilidade de mulheres e pessoas mais jovens serem acometidas por essa condição.

Nesses casos, a calvície ganha, respectivamente, o status de calvície feminina e calvície precoce.

Apesar de atingir pessoas de idades e gêneros diferentes, a alopecia androgenética acontece surge da mesma forma e isso independe do indivíduo que acomete-o.

Sendo esta a explicação:

 

A testosterona é um hormônio andrógeno, ou seja masculino, produzido nos testículos.

Dessa maneira, essa substância é responsável pelo desenvolvimento das características sexuais primárias bem como as secundárias, crescimento dos pelos, tom de voz e outros.

Sendo assim, esse hormônio está presente em nosso couro cabeludo e, por sua vez, sofre ação de uma enzima chamada de 5-alfa-redutase.

Essa atividade faz com que a testosterona seja convertida em di-hidrotestosterona, hormônio conhecido pela sigla DHT.

Isso faz com que os fios de cabelo, durante essa conversão, passem por um processo chamado de miniaturização.

Este consiste no afinamento, clareamento e encurtamento dos mesmos. Dessa maneira, eles não conseguem renascer e, assim, a calvície está configurada.

Uso do Minoxidil

Minoxidil: o que é e para que serve?

Minoxidil é uma solução que pode ser encontrada em duas concentrações (2% e 5%).

Essa loção é prescrita para atuar no tratamento da alopecia androgenética – ou da calvície, como queira chamar – e para casos de queda acentuada dos fios de cabelo. Sabe por quê?

A substância em questão, o Minoxidil, serve para aumentar a vascularização e a oxigenação das áreas afetadas.

Dessa maneira, a circulação sanguínea melhora o que, consequentemente, faz com que a fase de nascimento e crescimento do cabelo seja prolongada.

Diante dessa característica, os benefícios do Minoxidil envolvem também a revitalização da raiz capilar, atenuação das falhas, redução da queda bem como na normalização do desenvolvimento dos fios.

Efeitos colaterais do uso do Minoxidil

A aplicação do Minoxidil é prática e fácil: ela consiste no uso do produto no couro cabeludo e na quantidade determinada pelo médico.

Dessa maneira, embora seja tolerado por muitos pacientes, o Minoxidil pode provocar possíveis efeitos colaterais, sendo os principais:

  • Cabelo ressecado
  • Coceiras na região em que o Minoxidil fora aplicado
  • Irritação do couro cabeludo
  • Vermelhidão na área aplicada

A possibilidade do aparecimento dessas reações adversas decorre da presença do “proprilenoglicol” – ou melhor, álcool diol.

Diante disso, o fato de que o Minoxidil causa alergia no rosto é uma realidade para muitos homens.

Como saber se tenho alergia a Minoxidil?

O uso do Minoxidil, por si só, já pode gerar episódios de coceira no couro cabeludo.

No entanto, esse efeito deve ser temporário, mas, caso não seja, é sinal que você tem alergia a Minoxidil.

Sendo assim, então, procure o médico dermatologista que te indicou e prescreveu a substância: isso porque ele é o profissional mais preparado para diminuir a aplicação ou, caso precise, trocar o Minoxidil loção por Minoxidil em espuma.

Sobre o Minoxidil em espuma

É importante salientamos que não há diferença na eficácia entre o Minoxidil na versão loção e no Minoxidil em espuma.

Mas, apesar disso, ambos os produtos apresentam diferenças: uma delas é que o Minoxidil em espuma é mais fácil de aplicar e seca mais rapidamente.

Sendo assim, a aplicação fica ainda mais prática no dia a dia.

Além disso, O Minoxidil em espuma costuma ser recomendado para pessoas que apresentaram alergia ao Minoxidil loção visto que não conta com o proprilenoglicol na composição.

Então, há menos chances de gerar alergia.

Atualmente, no território brasileiro, as pessoas têm acesso a várias marcas de Minoxidil. No caso do Minoxidil em espuma, ótimas alternativas são o da Kirkland e da Rogaine.

Para saber qual a melhor para sua situação, faça seu tratamento sob acompanhamento dermatológico.

Onde comprar Minoxidil em espuma?

A ação de comprar um produto, como o Minoxidil, pode ser fácil para quem conhece uma loja de qualidade.

Caso você não conheça, essa tarefa pode ser complicada e até perigosa: isso porque, infelizmente, muitos estabelecimentos vendem Minoxidil falsos ou fora da validade.

Para facilitar sua experiência de comprar o Minoxidil em espuma, indicamos a loja virtual Bar Men’s, pois, além de ser de qualidade e com produtos na validade, proporciona descontos exclusivos e frete grátis em toda todos os itens disponíveis.

Já usou ou usa Minoxidil em espuma?

Se sim, como foi/está sendo sua experiência?

TUDO SOBRE ROGAINE LOÇÃO E ESPUMA!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.