A volta aos treinos pós quarentena – 5 cuidados que você precisa ter

Descubra aqui os cuidados que você precisa ter para não se lesionar na volta aos treinos

Após quatro meses de isolamento social e de forma gradual as academias de ginásticas, estúdios de treinos e os demais lugares voltados para prática de atividades físicas estão reabrindo.

Motivação para a volta aos treinos, é que não falta. Porém devemos ficar atentos, afinal foram mais de 100 dias afastados dos pesos, e por mais que você tenha se exercitado dentro de casa durante a quarentena, não tem a mesma comparação de um treino de academia.

Então, antes de sair retomando a sua antiga rotina de treino na academia, existem certos cuidados básicos que você precisa ter para não se lesionar.

Recomece devagar

Primeiro você precisa ter em mente, que não irá recuperar em uma semana o tempo perdido durante 3 meses malhando dentro de casa, ou o sedentarismo praticado.

A indicação para essa retomada é desenvolver uma nova rotina de treino, e os primeiros dias são determinantes, pois é preciso estipular metas curtas e alcançáveis, além de redobrar os cuidados para não se lesionar.

O treino ideal para pós quarentena é iniciar um treino de resistência muscular, com menos cargas porém com mais repetições.

Cuidado com a frequência

Aposto que você chegou a cogitar aumentar a frequência dos treinos, para tentar dar aquela compensada. Mas o ideal é que você dê tempo para o seu corpo voltar ao antigo nível de condicionamento, tanto muscular quanto cardio respiratório.

Aquecimento

O aquecimento antes do treino favorece não somente o desempenho muscular mas também favorece a mobilidade articular, já que as articulações são lubrificadas pelo líquido senuvial, cujo garantem que as cartilagens possam deslizara sem que haja desgaste.

Atenção ao termômetro da dor

Você precisa saber escutar o seu corpo, por exemplo é preciso saber separar a dorzinha tardia pós treino, daquela dor causada por ter ultrapassado o nível de condicionamento.

Segundo a fisiologista Bianca Vilela, ao perceber que uma determinada atividade, carga ou movimento está causando um desconforto, pare imediatamente e retome aos poucos , de forma gradual. Sentir dor durante o exercício é mau sinal.

Higienização

 

Em tempos pós quarentena onde o vírus ainda circula ativamente pelo mundo, é de suma importância que você leve ou tenha um kit de higiene, aquele mesmo que está pensando, com álcool em gel e lenços de papel, para além de passar na mão, você também poder desinfetar os aparelhos compartilháveis, antes de usar-los.

Essa medida serve para todos e qualquer atividade praticada, seja de dança, spinning, yoga, afinal além dos pesos também é preciso limpar os colchonetes, esteiras, bicicletas ergométricas literalmente qualquer tipo de aparelho que você for usar.

Leve sua própria garrafinha

Se você já fazia isso antes, ótimo, continue fazendo, afinal todos os bebedouros da maioria das academias não estarão funcionando. E é essencial que você se hidrate durante o treino, afinal a água é capaz de eliminar as toxinas em excesso do nosso organismo, auxiliando na metabolização das gorduras.

Além desses cuidados que você terá que ter para voltar a cuidar da definição do seu shape, as academias devem seguir um certo protocolo de higienização também, confira só abaixo:

  • Utilização de máscara para funcionários, professores e alunos.
  • Medição da temperatura com termômetro eletrônico, à distância, de todos que entrarem na academia. Caso seja apontada uma temperatura superior a 37.8 °C, a pessoa não será autorizada a entrar.
  • Quantidade de clientes que entram na academia deverá ser limitada para 30% da capacidade total para permitir o distanciamento.
  • Os espaços deverão ser delimitados com fitas que irão determinar onde cada cliente deve se exercitar nas áreas de peso livre e nas salas de atividades coletivas. Nesse sentido, cada um deve ficar a 1,5 m de distância do outro. 
  • As esteiras poderão ser usadas no esquema “uma sim, uma não” ou aumentar o distanciamento entre elas (1,5 m).
  • A saída de água do bebedouro só será liberada para clientes que estiverem utilizando garrafas próprias.
  • Os clientes deverão ter restrição quanto ao tempo de permanência na academia durante horários de pico, a fim de não superlotar os espaços físicos.
  • Disponibilizar álcool em gel para a higienização das mãos e álcool líquido para a limpeza dos aparelhos.
  • Manter os ambientes bem ventilados.

Deixe seu comentário!

Se tiver qualquer dúvida, crítica ou sugestão, use esse espaço para expor.

/* */