INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL!

7 coisas que são proibidas de fazer no Qatar (Copa do Mundo 2022)

O futebol é um esporte olímpico, popular, democrático e a paixão de muitos povos do mundo.

Embora haja rivalidade entre times, as seleções dão lugar à união de uma só nação.

Nesse caso, a Copa do Mundo é o principal palco de celebração, diversão e de torcida.

Tal evento futebolístico acontece de 4 em 4 anos e costuma acontecer em países diferentes.

A edição desse ano, 2022, terá como sede o país Qatar que, em português, escreve-se Catar.

Por isso, então, o Qatar virou um destino e tanto para muitos apaixonados pelo campeonato.

Assim, hoje, vamos abordar mais sobre esse país e as o que é proibido fazer no Qatar.

Você é um dos que embarcará para o outro lado do mundo?

Se sim, acompanhe a leitura, pois é fundamental!

10 JOGADORES DE FUTEBOL MAIS ESTILOSOS DO MOMENTO!

Sobre o Qatar

A popularidade do Qatar – ou Catar, como queira chamar – aumentou – e muito! – desde que ele se tornou a escolha definitiva para ser palco da Copa do Mundo que acontecerá entre novembro e dezembro de 2022.

O país localiza-se na península Arábica na Ásia Ocidental.

Apesar de ser um território cercado por água em quase todos os lados, o Qatar faz fronteira com um único país: a Arábia Saudita.

Como é um país pequeno em extensão, muitas pessoas acreditam que o Qatar economicamente não tem força. No entanto, isso não é verdade.

Isso porque o Qatar trabalha principalmente com a exportação de petróleo e gás natural.

Sendo assim, o país é, atualmente, uma das nações mais ricas que, aos poucos, vêm se desenvolvendo.

Tanto é que Doha, a capital, é uma cidade com construções inovadoras, novas e modernas.

Mas, para além disso, o Qatar também é marcado por ser conservador.

Como é um emirado, o país árabe é administrado por membros da classe que dominam que, por sua vez, chamam-se de Emir.

Dessa maneira, o ideal é seguir as leis do Qatar que baseiam-se na religião Islâmica.

7 coisas proibidas de fazer no Qatar

Consumo de bebida alcoólica

Para nós, brasileiros, futebol é quase a alma gêmea de uma boa cerveja, certo?

Tanto é que costumamos combinar churrasco, bebida alcoólica e jogos da seleção brasileira durante a Copa.

Entretanto, as coisas são um pouco diferentes no Qatar: lá o consumo, em público, é proibido.

Isso, claro, para os muçulmanos.

O consumo de bebida alcóolica, para os turistas, será possível apenas em estabelecimentos estabelecidos pela FIFA, como zonas de fãs, e em hotéis internacionais.

Dessa maneira, então, não é possível sair embriagado pelas ruas do país árabe.

Demonstração de afeto em espaços públicos

Uma das principais famas do brasileiro envolve uma recepção calorosa que, por sua vez, envolve abraços e beijos no rosto.

Apesar de ser algo comum entre nós, isso não é legal no Qatar. Sendo assim, evite manifestações de carinho bem como de afeto em espaços públicos.

Filmar e fotografar sem autorização

Quando viajamos para um destino diferente, gostamos de tirar bastante foto para não esquecer daquele lugar ou de um momento específico, né?

No Qatar, isso não é tão liberal. Assim, você não pode filmar e fotografar as pessoas sem uma autorização delas, pois é crime.

Os profissionais de imprensa, como os jornalistas, por sua vez, precisam da emissão de uma licença para trabalhar no país.

Essa emissão é concedida pela Agência de Notícias do Qatar e equivale, principalmente, para filmar, tirar fotos e passar com os equipamentos pela alfandega.

Relações homoafetivas

Embora seja um dos países mais liberais do Oriente Médio, o Qatar ainda tem leis e posturas conservadoras e homofóbicas.

Uma delas é que eles não toleram relações entre pessoas do mesmo gênero que, por sua vez, é considerado crimes no Qatar. A punição pode chegar a prisão.

Vestir-se de maneira inapropriada

Assim como o conservadorismo e a homofobia, o machismo no Qatar também chama atenção e preocupa mulheres que visitam o país.

Nesse caso, uma das maiores questões é na questão da vestimenta: as muçulmanas vestem túnica preta (abaya) e com lenço, o famoso hijab.

As turistas não necessariamente precisam utilizar dessas roupas.

No entanto, elas também seguir o padrão de vestimenta: peças discretas, sem decotes e transparências e que cubram colo, barriga, joelhos e ombros.

Assim, as regatas, as minissaias e os shorts são proibidos por lá.

Comprar ou usar substâncias ilícitas

A questão da bebida alcóolica é bem séria no Qatar, mas não é a única.

Isso porque o país também proíbe tabacos e derivados bem como entorpecentes, como drogas ilícitas.

Mesmo em lugares privados, como o quarto do hotel, não tolera o uso, o porte e a compra de substâncias.

Sabendo disso, então, sugerimos que você fique bem atento em relação aos principais remédios proibidos no Qatar.

Além disso, de acordo com nossa pesquisa, a quantidade não deve ultrapassar a de uso pessoal e todos os remédios devem ser declarados antes de entrar no país.

Nada de gestos obscenos

O idioma original do país é o árabe, mas também há a compreensão do inglês já que é uma língua universal.

Apesar de ser difícil entenderem o português, é importante evitar os palavrões.

Além disso, a expressão corporal também comunica. Por isso, nada de gestos obscenos.

OS PERFUMES PREFERIDOS DOS JOGADORES DA COPA

E aí, curtiu o nosso artigo?

Você vai viajar para o Qatar durante a Copa?

Se não, o que pretende fazer nos dias de jogos?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.